Skip to content

Hollywood está de olho: Robert Pattinson pode levar um filme ao sucesso?

20 de janeiro de 2010

O site Remember Me Saturday divulgou um artigo sobre a fama e carreira de Rob. Estamos divulgando pois é, definitivamente, muito bom.

Em termos de Robert Pattinson, Hollywood tem uma coisa na cabeça agora e isso é dinheiro. Ele pode destinar um filme ao sucesso por conta própria? Pode o nome de Robert Pattinson preencher os assentos de um cinema quando necessário, de 12-14 de março de 2010? 

Remember me é o primeiro filme de Pattinson fora da franquia de Twilight. Embora tenha um orçamento pequeno e seja, tecnicamente, considerado um filme indie sem o apoio de um grande estúdio, a mídia, o público em geral e  Hollywood, estão todos ocupados fazendo deste filme um teste decisivo para o futuro promissor de Robert Pattinson como um ator de Hollywood e da idéia de uma estrela de cinema.

Em pouco mais de 14 meses, Pattinson foi de “aquele cara de Harry Potter” para uma celebridade muito rápido, lembrando jovens estrelas que temos na memória. Seu rosto etéreo ilustra capas de inúmeras revistas e ele é o tema de tanta fofoca infundada através da Internet que mesmo Pattinson, provavelmente, já perdeu o controle de sua própria história. O destaque pesando sobre seus ombros desde Twilight, inaugurado em novembro de 2008, até hoje, e mostra poucas evidências de desistir. Mas Hollywood quer o que quer e, agora, o que eles querem é a prova que Robert Pattinson é mais do que Edward Cullen e que pode colocar dinheiro nos bolsos.  Quer dizer, mais dinheiro.

Enquanto Pattinson se torou o rosto da saga Twilight e, sem dúvida, a estrela de uma franquia que já arrecadou mais de um bilhão de dólares, este é um momento vital para sua carreira. E uma carreira parece ser o que ele tem, calmamente, a intenção de buscar.

Como um escritor chamado Albrian, em um blog de cinema da Internet, expressou: “Há uma determinação férrea na calma para obter sucesso. O auto-depreciativo “é uma cortina de fumaça para um homem jovem e ambicioso”.

A mídia constantemente agita as histórias perguntando se Robert Pattinson é o novo Depp, ou James Dean, o novo isso, o novo aquilo. Eles querem desesperadamente fazer dele o algo novo, deixando de lado elevados padrões e competições que não podem ser vencidas. Depp, Brad Pitt, Clooney, DiCaprio e … todos as estrelas de filmes que você pode pensar. Pattinson tem sido observado e comparado com todos eles, mas para qualquer pessoa com um pouco de senso comum, é como se fosse comparar um estudante a um Ph.D. em termos de experiência pura e créditos ativos. É claro que, quando é que os meios de comunicação (ou pessoas aleatórias na internet) já tiveram senso comum?

Pattinson é a grande história: encantador, doce, britânico e bonito, com uma enorme base de fãs muito fiéis e que acreditam que ele é talentoso. Quão talentoso? Com nomes como Chris Cooper, Kristin Scott Thomas, Allen Coulter e Declan Donnellan, entre outros, assinando para trabalhar com ele, parece bastante certo que seus fãs apostem em uma boa corrida.

Pattinson apareceu como destaque em Hollywood quase da noite para o dia. Com seu nome já reconhecido na língua de todos e fluindo na caneta de todos os outros, a sua fama repentina faz dele um alvo muito fácil. E a mídia está determinada a continuar a falar sobre a “nova cara” de Hollywood. Um dia ele é o garoto de ouro e no seguinte, ele está destinado a tarefa do tipo de fama que nunca sequer sonhou para si mesmo. Dependendo da data e hora, Pattinson é talentoso, ele não é, ele cheira bem, ele não cheira bem, ele está preso, ele é hilário, ele lamenta muito, ele é doce, ele está dentro, ele está fora, ele está em alta, não está. 

A verdade? Ele é apenas humano, e por todas as coisas, um cara decente, gracioso e muito grato pelo que tem sido a esmagada rotina de celebridade que ele viveu durante o ano passado.

Então existe Hollywood, e Hollywood é impaciente. Aparentemente, o tempo e a experiência é algo em que Hollywood não acredita mais. “Você só foi famoso por um curto tempo e você só atuou em alguns pequenos filmes, poucas pessoas viram? Que pena! Você é ‘isso’ e você está agora destinado a trazer sucesso a um filme, e muito sucesso, ou nós vamos te derrubar, Robert Pattinson! Você deve ganhar sua fama, rapaz! “

Parece com os delírios de Hollywood?

Como o homem feliz em ‘Uma Linda Mulher’ diz, “Bem vindo a Hollywood! Qual é o seu sonho? Todo mundo vem aqui, isto é Hollywood, a terra dos sonhos. Alguns sonhos se tornam realidade, alguns não, mas mantenha seu sonho ‘- isto é Hollywood. Sempre há tempo para sonhar, para continuar sonhando. “

Claro que a mídia e o público (para não mencionar as pessoas aleatoriamente na Internet), não se sabem exatamente qual o sonho de Robert Pattinson. Todas as evidências parecem apontar para Pattinson querendo boa carreira como um ator que tenha a capacidade de fazer escolhas interessantes e até mesmo arriscadas. Uma carreira que ele possa se orgulhar e que não o comparem a ninguém a não ser ele mesmo. Afinal, ele nunca pediu por comparações. O cara só aceitou um trabalho.

Só o tempo dirá se o desejo de Robert Pattinson caminhará com o de Hollywood e vice-versa.

Estrelas ascendem e caem. Vivemos em uma cultura de celebridades que se alimenta do sucesso das pessoas, até derrubá-las. É a lei da natureza, em Hollywood e em todo o mundo, provavelmente. E, goste ou não, Remember Me é um teste. Hollywood estará assistindo – vendo o que acontece com a bilheteria do fim de semana de estréia , observando para ver se Robert Pattinson pode trazer um grande público, com todas as idades e sexos, observando para ver se o público vai aceitá-lo em um papel que não necessita de maquiagem branca e um interesse amoroso irritante, chamada Bella.

Essa é a única coisa Pattinson pode ter certeza agora; Hollywood estará observando. É necessário dizer que, como o cara que recusou terminantemente a formação da mídia e parece ser um homem a sua própria vontade navegando, Hollywood deverá ver um show muito bom.

E se o grande teste vacilar para Rob, lembre-se … Hollywood adora histórias de retorno. Essas histórias são contruídas.

 

Remember Me Saturday – Visite o blog e apóie a campanha.

Anúncios
3 Comentários leave one →
  1. Thaty Cullen Pattz permalink
    20 de janeiro de 2010 4:25 pm

    =O arrasou na reportagem!

  2. 23 de janeiro de 2010 12:16 am

    A reportagem esta realmente fantástica Juh!
    Robert é bastante esperto e já percebeu isto, tanto é que em algumas entrevistas ele declarou , que quanto mais vc quer fazer bem…mais vc é cobrado…( e aí que vc percebe que vc é uma merda – palavras dele e eu espero que ele continue achando que é esta merda toda rsr)e é uma faca de dois gumes porque são personagens distintos e muito diferentes e ele tem que acreditar que pode fazer diferentes gêneros.( Não deixa de ser uma carga grande pra qualquer um que começa do jeito que ele começou e eu ainda, pelo menos na minha geração não me lembro de ninguém que tenha tido uma ascenção meteórica como a dele. Ele é um pote de ouro. Mas acredito que o que Rob menos se importa é com isso. E também, neste momento, qual é a atriz que não gostaria de contracenar com ele? Uma película dele é sinônimo pra dar certo. Do mesmo jeito que Mel Gibson pra fazer filmes de muita ação…vc acha que lhe negariam patrocínio(é bilheteria na certa!) O nosso Rob não vai fazer por menos e aposto que este garoto será o Jack Nicholson da nova geração, só que muito mais sexy rsrs
    Bjos

  3. 23 de janeiro de 2010 12:37 am

    Engraçado, até parece que eles estão fazendo a vez do personagem Edward, sugando o sangue de Robert Pattinson…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: